Formula 1

Michael Schumacher continua em coma induzido na França

  No dia de seu aniversário, Michael Schumacher continua em coma induzido.

Cinco dias depois do acidente, todo mundo ainda tenta entender porque o ex-campeão de fórmula 1 decidiu esquiar fora das áreas delimitadas. Um vídeo, feito por um repórter do jornal alemão Bild, mostra que é uma área cheia de pedras, entre duas pistas de esqui.

Nesta quinta (2) surgiu mais uma versão: Schumacher teria saído apenas 20 metros da pista marcada para ajudar a filha de um amigo que havia caído. Quando ele tomava impulso para continuar esquiando, caiu e bateu a cabeça numa pedra. No hospital onde ele está internado, na cidade de Grenoble, ninguém se manifestou nesta quinta.

  A assessoria de Schumacher havia avisado que os médicos só se pronunciariam se houvesse mudanças,  boas ou ruins. A falta de notícias é sinal de que o quadro segue estável. Jean Todt – ex-chefe de Schumacher na Ferrari – e atual presidente da Federação Internacional de Automobilismo, veio visitá-lo.

  Nesta sexta (3), muitos fãs devem vir ao hospital, já que é aniversário do piloto alemão, que fará 45 anos de idade. A família publicou uma declaração na pagina oficial do ex-campeão na internet, agradecendo a todos que torcem por sua recuperação e afirmam que Schumacher é não desistirá, pois é um lutador.

  Um jornal local de Grenoble conversou com Olivier Simonin, que administra a estação de esqui. Ele disse que o socorro foi muito rápidoO alerta foi dado por um esquiador e, em 10 minutos, quatro socorristas já estavam no local. Schumacher estava meio sentado, meio deitado e mexia muito os braços. Em 23 minutos depois do alerta, ele já estava no helicóptero a caminho do hospital.

Quebra de suspensão provocou acidente de Massa, revela Ferrari

massa

 

A Ferrari confirmou que o acidente de Felipe Massa, no domingo, em Mônaco, foi causado por uma falha na suspensão dianteira esquerda da F138. O piloto perdeu o controle do carro e se chocou contra o muro, na curva Sainte Devote, na 29ª volta. Apesar de aparentar estar bem, ele foi prontamente conduzido ao hospital por precaução e, depois de realizados os exames, foi liberado e retornou à sua casa. Com as investigações concluídas ,a equipe emitiu um comunicado para esclarecer o defeito na peça.
- As investigações confirmam as primeiras impressões dos engenheiros: que o acidente foi causado por uma falha na suspensão dianteira esquerda. Com todas as inspeções completas, o departamento de montagem começará a preparar o carro para o GP do Canadá.
No entanto, o time nega que essa tenha sido a causa do primeiro acidente, na terceira sessão de treinos livres.Na ocasião, o piloto disse que perdeu o controle da Ferrari ao passar sobre irregularidades na pista.
Ainda na manhã desta terça-feira a escuderia italiana garantiu a presença do brasileiro na 7° etapa do Mundial, que será realizada em Montreal. De acordo com o jornal espanhol ''Marca'', a participação do piloto paulista nunca foi dúvida. O chefe da equipe, Stefano Domenicali, tratou de tranquilizar os torcedores de Felipe.
- A melhor notícia que temos é que o Felipe está bem. Dois grandes acidentes em 24 horas e tudo que está sentindo são apenas dores musculares. Felizmente não há nenhum outro tipo de lesão.

 

Fonte: G1/Globo Esporte
Foto: Reprodução

Previsão do Tempo

Publicidade

logo 

 

logoalvo 

 

 fotopontab